Lagoa Grande: Polícia Militar realiza prisão de indivíduos que repassaram notas falsas no comércio da região

Por se tratar de crime Federal, ambos os autores foram encaminhados, juntamente com as duas cédulas, a cidade de Uberlândia, onde foram apresentados ao Delegado da Polícia Federal para as demais providências.

0
1659

Nesta terça feira (04) a Polícia Militar de Presidente Olegário foi acionada por funcionários do Posto Brandão, onde informaram que um indivíduo havia repassado uma cédula de R$100,00 falsa há alguns minutos, os indivíduos e o veículo teriam seguido sentido Presidente Olegário. De posse das características do veículo e dos ocupantes, foi realizado um monitoramento que culminou na abordagem ao veículo o qual havia 04 ocupantes, todos moradores de Lagoa Grande.

Durante a busca pessoal no veículo foram encontradas 02 munições sendo uma calibre .32 e outra .22. Questionados sobre o fato J.F.J assumiu ter sido ele a passar a nota falsa no Posto Brandão, mas que a cédula era do condutor do veículo, R.C.A. Os dois autores receberam voz de prisão a princípio pelos crimes de Moeda Falsa e Posse irregular de Munição de Uso Permitido onde foram encaminhados ao Quartel PM de Presidente Olegário para o registro.

Foi feito contato com a equipe Policial de Lagoa Grande, que de imediato deslocou na residência de um dos autores na intenção de localizar arma ou mais cédulas falsas, porém sem sucesso. Posteriormente, os militares foram informados que na data de 03 de janeiro, o supermercado de Ponte Firme também havia sido vítima do mesmo crime, e que a cédula de R$100,00 repassada a eles tinham o mesmo número de série da repassada ao Posto.

Por se tratar de crime Federal, ambos os autores foram encaminhados, juntamente com as duas cédulas, a cidade de Uberlândia, onde foram apresentados ao Delegado da Polícia Federal para as demais providências.

A Polícia Militar pede para que seja redobrada a atenção para está prática nos comércios locais para evitarmos tal golpe.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui